Mudanças no Código de Trânsito entram em vigor dia 12

Mudanças no Código de Trânsito entram em vigor dia 12

 Willian Teixeira 56 minutos atrás“Não me esconderei”, diz zagueiro Cala, do Cádiz, após alegação de racismoFamosos brasileiros que morreram vítimas da Covid-19

Sancionada em outubro de 2020 pelo Governo Federal, a Lei 14071/20, que altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), passa a vigorar a partir da próxima segunda-feira, dia 12 de abril.

Para os motociclistas, as principais mudanças no Código de Trânsito são a obrigatoriedade do uso de luz baixa durante o dia e à noite, o aumento na idade de crianças que podem ser transportadas como garupa e a norma sobre uso de viseira ou óculos de proteção.

Farol aceso de dia e à noite

Trafegar com o farol apagado era considerada infração gravíssima com multa de R$ 293,47, recolhimento da CNH e suspensão do direito de pilotar motos. Com a mudança, a infração passa a ser considerada média, com multa de R$ 130,16 e quatro pontos na CNH.Farol aceso é obrigatório, mas infração deixa de ser gravíssima e passa a ser média (Renato Durães)

© Motociclismo Online Farol aceso é obrigatório, mas infração deixa de ser gravíssima e passa a ser média (Renato Durães)

Veja também:

Empresa ajuda motociclistas a encontrarem a moto ideal

Opinião: O pior motociclista do mundo

Mulheres e motos, relação cada vez mais em alta no Brasil

Crianças na garupa? Só com 10 anos ou mais

A idade mínima para transportar crianças na garupa passa dos atuais 7 anos para 10 anos. Aos motociclistas que não obedecerem às normas, a Lei estabelece infração gravíssima com multa e suspensão do direito de dirigir. Além disso, o veículo pode ser retido até sua regularização e a habilitação recolhida.Na garupa será permitido transportar apenas crianças com 10 anos ou mais (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

© Motociclismo Online Na garupa será permitido transportar apenas crianças com 10 anos ou mais (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Uso de viseira ou óculos de proteção

A viseira é um item de segurança obrigatório nos capacetes dos motociclistas e as alterações no CTB normatizaram sua utilização. Antes, a Resolução 453/13 do Contran estabelecia que pilotar com a viseira levantada ou fora das condições exigidas pela resolução era infração leve, prevista no artigo 169 do CTB, sujeita a multa de R$ 88,38. A nova regra cria infração específica e estabelece que a condução com capacete sem viseira/óculos de proteção ou com viseira/óculos de proteção em desacordo com a regulamentação do Contran será infração média, sujeita a multa de R$ 130,16 e retenção do veículo para regularização.Pilotar sem viseira passa a ser considerado infração média (Divulgação)© Motociclismo Online Pilotar sem viseira passa a ser considerado infração média (Divulgação)

*Com informações do Detran.SP

O post Mudanças no Código de Trânsito entram em vigor dia 12 apareceu primeiro em Motociclismo Online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *